Minas On-line
Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais - SETUR

cabecalho-pronto.jpg Dúvidas Frequentes Links Mapa do Site Fale Conosco Ajuda Secretaria de Turismo do Estado de Minas Gerais

Fórum de Gestão de Turismo e Eventos tem presença da Secult-MG

 

Encontro, realizado em Juiz de Fora, discutiu trabalho colaborativo na área

 

 

felipe-site

O superintendente de Incentivo à Cultura da Secult-MG, Felipe Amado, falou sobre leis de incentivo

 

 

Com o tema “Redes e Planejamento” foi promovido, no dia 3/7, o 1º Fórum de Gestão de Turismo e Eventos de Juiz de Fora e Região. O encontro teve como objetivo sensibilizar empresários, estudantes e gestores de organizações governamentais e não governamentais do segmento de turismo e eventos sobre a importância do trabalho colaborativo.

 

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult-MG) participou do evento com uma palestra do superintendente de Incentivo à Cultura, Felipe Amado, sobre leis de incentivo e mecanismos de patrocínio de eventos. Dentro da programação paralela do Fórum, o diretor de Segmentação Turística da Secretaria, Lucas Xavier, realizou reunião com os presidentes dos Conventions & Visitors Bureux (C & VB) do Estado, para direcionamento do Plano de Ações de Turismo de Negócios e Eventos mineiro. Participaram representantes dos C&VB de Aiuruoca, Belo Horizonte, Governador Valadares, Itabira, Juiz de Fora, Ouro Preto, e Vale do Aço. A reunião também contou com a presença das entidades BRASIL C&VBx, Federação dos C&VBx MG, ABIH MG e Macaé RJ C&VB.

lucas-site

Lucas Xavier, diretor de Segmentação Turística da Secretaria, em reunião com presidentes dos C & VB de minas

 

Na programação, houve ainda palestra sobre hotelaria criativa, com o presidente da Associação Brasileira de Indústria de Hotéis em Minas Gerais, Guilherme Sanson, moderada pelo vice-presidente da Federaminas, Roberto Fagundes. O diretor de Marketing da RioTur, Maurício Werner, e o presidente da Federação dos Conventions & Visitors Bureaux do Estado do Rio de Janeiro, Marco Navega, apresentaram exemplos sobre parcerias público privadas no setor de turismo.

 

O Conselho Municipal de Turismo de Juiz de Fora também apresentou os eixos estratégicos que estão sendo desenvolvidos para o Plano Municipal de Turismo da cidade, criado por uma comissão liderada por professores do curso de Turismo da UFJF e membros do Departamento de Incentivo ao Turismo da Prefeitura Municipal. O evento foi promovido pelo Juiz de Fora Convention & Visitors Bureau (JFC&VB).

 

 

 

Parque Estadual do Rio Doce celebra 75 anos

panoramica-parque-credito-acervo-secult-mg

Foto: Acervo Secult-MG

 

Comemorações começam no sábado (6/7) e seguem até 13/7, ponto alto da programação

 

A primeira unidade de conservação estadual de Minas Gerais celebra 75 anos de criação no próximo dia 14 de julho, mas as atividades de comemoração vão mobilizar as comunidades de Dionísio, Timóteo e Marliéria, no Leste Mineiro, já a partir do dia 6/7. A série de eventos programada para marcar o aniversário seguirá até o dia 13 de julho, com as tradicionais 26ª Romaria Ecológica de Marliéria, 18ª Romaria Ecológica de Dionísio e 16ª Romaria Ecológica de Timóteo. Na edição deste ano, o evento de encerramento deve reunir cerca de 2 mil pessoas na unidade de conservação.

O Parque Estadual do Rio Doce foi criado em 1944, num esforço do bispo Dom Helvécio para a preservação do grande remanescente do bioma Mata Atlântica existente na região e para o fortalecimento da participação das comunidades na proteção da unidade de conservação. “As Romarias Ecológicas têm o objetivo de resgatar os fatos históricos e religiosos do século passado que culminaram na criação do parque”, explica o gerente da unidade de conservação, Vinícius de Assis Moreira.


As comemorações terão início com a celebração de uma missa na Igreja da Comunidade de Conceição de Minas, em Dionísio, às 19h, acompanhada pela imagem de Nossa Senhora da Saúde, padroeira do parque. No dia seguinte, 7 de julho (domingo), haverá nova missa, desta vez na Igreja Matriz de Dionísio, também às 19h. (...)

 

Minas Recebe habilita 66 agências e operadoras de turismo em 2019

 

 

Empresas podem participar de diversas ações de apoio à comercialização de destinos nos mercados nacionais e internacionais

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult-MG) acaba de divulgar a listagem oficial das empresas habilitadas no Projeto Minas Recebe 2019, totalizando 66 agências e operadoras de turismo receptivo.

O resultado mostra que o trade mineiro está atribuindo importância à necessidade de formalização de suas empresas e valorizando as ações de apoio à comercialização executadas pela Secult.

 

Dentre os habilitados em 2019, a maioria das agências de turismo receptivo está sediada no interior de Minas Gerais, representando 34 municípios e 23 circuitos turísticos. Esse número evidencia a capacidade de descentralização e diversificação dos produtos turísticos do estado.

Renata Toffoli, diretora de Produtos Turísticos e Apoio à Comercialização da Secretaria, aponta que o intuito é aumentar a competitividade das agências e operadoras mineiras no mercado nacional e internacional. “Fazemos também um trabalho de qualificação do setor, falamos de temas como precificação turística, acesso a mercado e ações de marketing”, diz.

 

O Minas Recebe oferece às empresas habilitadas diversas ações de apoio à comercialização de destinos nos mercados nacionais e internacionais. Qualificação e capacitação dos agentes operadores, participação de reuniões técnicas para fortalecimento do setor, além de viagens de reconhecimento de produtos e destinos, participação em feiras e eventos profissionais são alguns exemplos de benefícios ofertados. Os produtos e contatos dos participantes são divulgados no Portal Minas Gerais, site criado e gerenciado pela Secult-MG.

Minas Recebe
O projeto Minas Recebe tem por finalidade melhorar a qualidade e apoiar a comercialização dos serviços e produtos turísticos oferecidos pelas agências e operadoras de turismo receptivo do estado de Minas Gerais e é aberto para participação de empresas mineiras definidas como:

•         Agências de turismo receptivo: pessoas jurídicas que têm como principal atividade a elaboração de produtos turísticos por meio da operação direta, a intermediação remunerada e a venda de serviços turísticos locais, por meios físicos ou online.

•         Operadores de turismo receptivo: pessoas jurídicas que têm como função principal a elaboração e desenvolvimento de pacotes turísticos locais para operadoras e agências de viagens nacionais e internacionais, comercializados por meios físicos ou online.

 

Clique aqui e confira a lista de empresas habilitadas no Projeto Minas Recebe 2019

 

 

 

SETUR|
Rodovia Papa João Paulo II, 4.001  – Prédio Gerais,11º Andar - Bairro Serra Verde,CEP: 31.630-901 - BH, MG -
Telefones de contato
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades