Minas On-line
Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais - SETUR

cabecalho-pronto.jpg Dúvidas Frequentes Links Mapa do Site Fale Conosco Ajuda Secretaria de Turismo do Estado de Minas Gerais

INAUGURADO ONTEM O MUSEU DE GRUTA DO MAQUINÉ

PDFImprimirE-mail

O Governador Antonio Anastasia, inaugurou ontem, em Cordisburgo município na região central de Minas Gerais, o Museu da Gruta do Maquiné, um dos marcos da Rota das Grutas Peter Lund, projeto inspirado na trajetória do naturalista dinamarquês Peter Wilhelm Lund. Minas Gerais através da Secretaria de Turismo de Minas Gerais,investiu R$ 2,9 milhões. Durante a solenidade, Anastasia assinou despacho determinando a abertura de consulta pública para o projeto de parceria público-privada da Rota Lund.

 

 


Pioneiro no Brasil, o projeto irá aliar o potencial comercial à conservação da biodiversidade e preservação dos aspectos socioculturais, principalmente o patrimônio histórico existente, com respeito à legislação ambiental e mantendo relacionamento estreito com a comunidade local. A concessionária terá que investir em conservação ambiental e poderá propor exploração comercial das unidades de conservação ao longo do período de concessão.
A Rota das Grutas Peter Lund começa no Museu de Ciências Naturais da PUC Minas, em Belo Horizonte, que guarda parte da história de Lund; o túmulo do cientista, em um pequeno cemitério de Lagoa Santa; o Museu Peter Lund, no Parque Estadual do Sumidouro; a Gruta Lapa do Baú e o Monumento Estadual Lapa Vermelha, onde foi encontrado o mais antigo fóssil humano conhecido das Américas, batizado “Luzia”, com cerca de 12 mil anos.


A restauração da Gruta do Maquiné resgata compromisso da implantação da Rota Lund. Tem como primeiro propósito restaurar e permitir um grande acesso de turistas às grutas mais significativas de Minas Gerais. O governador lembrou que a Gruta da Lapinha também foi restaurada e, no próximo ano, será a vez da entrega da Gruta Rei do Mato, no município de Sete Lagoas.


O objetivo da Política Público Privada é atrair entidade privada para a gestão da Rota Lund. A parceria vai significar o aporte de recursos privados e uma gestão mais rápida e talvez, também, mais adequada ao perfil dessa atividade. Vai ser feita uma consulta pública para ver, de fato, os interesses e, depois, uma licitação.


A consulta pública terá prazo de 60 dias, período destinado à discussão e recebimento de sugestões para o empreendimento, que prevê a exploração, mediante concessão administrativa, de três Unidades de Conservação: Parque Estadual do Sumidouro, Monumento Natural Gruta Rei do Mato e Monumento Natural Peter Lund, que ocupam área de 2.428 hectares.


Com a PPP Rota Lund, o Governo de Minas Gerais busca garantir padrões elevados de gestão destas unidades, com base em indicadores de desempenho pré-estabelecidos. A previsão de investimento inicial é de aproximadamente R$ 25 milhões, nos dois primeiros anos, e o prazo da concessão previsto é de 30 anos. O valor estimado do contrato é de R$ 320 milhões e a expectativa de receita é de R$ 35 milhões por ano. O Estado de Minas Gerais fará uma licitação para selecionar, entre todas as empresas interessadas, um parceiro privado para administrar, manter, conservar, modernizar e desenvolver atividades econômicas nas áreas protegidas que compõem a Rota Lund.
O concessionário terá o direito de uso e responsabilidade de gestão da marca “Rota das Grutas Peter Lund”, possibilitando uma receita adicional, por meio de licenciamento e desenvolvimento de programas de patrocínio, a exemplo do que ocorre na gestão da marca do Central Park, em Nova York (EUA) e até mesmo no Inhotim, em Brumadinho. Este é considerado um ponto de grande atratividade para futuros investidores que poderão reforçar e associar a marca junto ao público final, operadores turísticos, parceiros, instituições, investidores e comunidade local.
A contrapartida do Governo de Minas na parceria é assegurar os pagamentos para a rentabilidade privada do capital, garantir parcialmente os riscos de demanda e aprovar as licenças ambientais necessárias. É responsabilidade do governo, também, o monitoramento e fiscalização do desempenho do concessionário.


O Governador Antonio Anastasia lembrou que os investimentos do Governo de Minas Gerais, em infraestrutura irá facilitar o acesso dos turistas ao patrimônio natural e cultural da região. Além das obras de melhoramento da MG-424, que liga a capital ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, a Sete Lagoas, está incluída no programa Caminhos de Minas a pavimentação da estrada entre Cordisburgo e Curvelo. O trecho de 43 quilômetros será licitado ainda este ano, e a previsão é de investimentos de R$ 79 milhões.


Museu da Gruta do Maquiné
Descoberta em 1825, pelo fazendeiro Joaquim Maria Maquiné, a gruta passou a ser explorada em 1834 por Peter Lund. Foi na denominada Lapa Nova do Maquiné que o pesquisador fez as primeiras descobertas de ossadas fósseis, com destaque para o Similodon populator (tigre-dente-de-sabre) e o Nortrotherium magnuinense (preguiça gigante).
A museografia foi concebida de forma a conduzir o visitante – por meio de imagens em led e vídeo wall – pelas descobertas feitas na região por Lund e seu colega e compatriota Eugenius Warming. Em três galerias, instaladas em área total de 400 m², o visitante poderá conhecer o projeto da Rota das Grutas Peter Lund, saber mais a respeito da classificação da fauna e flora pesquisadas pelos dois naturalistas e obter informações sobre a Gruta do Maquiné. O museu será aberto ao público diariamente, das 8h às 17h, com entrada de R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia). Crianças menores de 5 anos não pagam.

 

SETUR|
Rodovia Papa João Paulo II, 4.001  – Prédio Gerais,11º Andar - Bairro Serra Verde,CEP: 31.630-901 - BH, MG -
Telefones de contato
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades